Cultura Jornais da CPLP acusam Fernando Pessoa de racismo

Jornais da CPLP acusam Fernando Pessoa de racismo

Jornal de Angola e Expresso das Ilhas fazem eco das críticas à escolha do poeta para um programa de intercâmbio de estudantes entre países de Língua Portuguesa.
Jornais da CPLP acusam Fernando Pessoa de racismo
Negócios 12 de fevereiro de 2019 às 22:59

Era o poeta português Fernando Pessoa racista? É legítimo que dê nome a um programa de câmbio estudantil entre países da Comunidade os Países de Língua Portuguesa (CPLP), entre os quais se contam países africanos? Intelectuais angolanos consideram que não e estão a tentar rebatizar o programa semelhante ao Erasmus, conta a Sábado.

A polémica instalou-se quando, esta segunda-feira, o jornal Expresso das Ilhas, de Cabo Verde questionou o facto de nenhuma personalidade do país ter criticado a escolha o poeta para o programa de intercâmbio académico dentro dos países da CPLP, num texto intitulado "Intelectuais angolanos contra a escolha de Fernando Pessoa para patrono de projeto da CPLP".

O jornal lembra que Fernando Pessoa terá tecido, durante a sua juventude tardia (aproximadamente com 28 anos), ideias racistas para com alguns povos africanos. No texto em questão, o autor de Mensagem refere que considera a escravatura como "lógica e legítima".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI