Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Jornalistas portugueses atacados no Iraque

Um grupo de jornalistas portugueses que seguia a caminho da cidade da Bassorá, no Iraque, foi hoje atacado por um grupo de homens armados. Uma jornalista foi ferida encontrando-se um outro desaparecido.

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 14 de Novembro de 2003 às 12:17
  • Partilhar artigo
  • ...

Um grupo de jornalistas portugueses que seguia a caminho da cidade da Bassorá, no Iraque, foi hoje atacado por um grupo de homens armados. Uma jornalista foi ferida encontrando-se um outro desaparecido.

De acordo com a notícia emitida pela TSF, um jornalista desta estação da rádio, Carlos Raleiras, foi hoje raptado, encontrando-se em local desconhecido.

Uma outra jornalista, Maria João Ruela, da cadeia televisiva SIC, foi baleada numa perna, encontrando-se actualmente a ser socorrida no hospital britânico de Bassorá. Rui do Ó, técnico de imagem que a acompanhava, escapou ileso do ataque.

O grupo de jornalistas encaminhava-se para Bassorá, na sequência da cobertura noticiosa da ida dos elementos da Guarda Nacional Republicana (GNR) para aquela cidade iraquiana.

O ataque ocorreu às 8h locais, atingindo sobretudo o primeiro jipe de uma coluna de três, nos quais os profissionais de comunicação social portugueses se tinham distribuído. O jipe onde se encontravam os jornalistas da SIC e da TSF sofreu assim as maiores consequências, já que o segundo – onde iam os repórteres da TVI e do Público – e o terceiro – onde se seguiam os profissionais da RTP e da Rádio Renascença – conseguiram escapar da abordagem do grupo armado.

Ver comentários
Outras Notícias