Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lena Construções deixou de ser "potencial credor" para projectos de grande dimensão

CEO da Lena Construções critica projectos megalómanos pensados para Portugal e diz mesmo que "perdemos a noção do bom senso".

Rita Faria afaria@negocios.pt 05 de Abril de 2011 às 20:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
"Falar de investimento quando não existe capital é difícil porque o ingrediente para todos os projectos, que é o dinheiro, não existe.", disse hoje o CEO da Lena Construções no 1º Congresso Anual de Investimento e Financiamento no sector de Infra-estruturas.

"Nós os privados queremos reconquistar a confiança dos mercados porque a zona de conforto onde vivíamos até aqui não existe mais", referiu o responsável, que não deixou de apontar o dedo ao Governo. "É preciso uma política clara e objectiva e é preciso um plano nacional de infra-estruturas".

O CEO da Lena Construções condenou ainda os projectos megalómanos pensados para o País, e frisou que a construtora deixou de ser um potencial credor de projectos de dimensões exageradas para a realidade de Portugal.


"Eu deixei de ser um potencial credor de projectos de muito grande dimensão", afirmou Paulo André, acrescentando que "no gigantismo dos projectos de que falamos em Portugal perdemos a noção do bom senso".

"Temos de fazer as coisas à escala do país que temos", concluiu o responsável.

Ver comentários
Saber mais Lena Construções infra-estruturas
Outras Notícias