Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Licenciamento de obras em Portugal cai 2,9% em 2001

O licenciamento concedido para obras em Portugal em 2001 caíram 2,9% face ao período homólogo, enquanto no quarto trimestre o comportamento manteve-se estável relativamente ao mesmo período do ano passado, divulgou o INE.

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 25 de Fevereiro de 2002 às 11:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O licenciamento concedidas para obras em Portugal em 2001 caíram 2,9% face ao período homólogo, enquanto o quarto trimestre o comportamento manteve-se estável relativamente ao mesmo período do ano passado, divulgou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em 2001, 82,6% das obras licenciadas corresponderam a construções novas, das quais 84,4% destas destinam-se à habitação, segundo a mesma fonte.

O número de fogos licenciados em construções novas para habitação em Portugal, por nomenclatura da unidade territorial I e II (NUTS), registou uma variação negativa de 9,6%, subindo no Algarve, regiões autónomas da Madeira e dos Açores 9,7%, 35,3% e 38,1%, respectivamente.

A maior subida relativa ao número de licenciamentos para obras registou-se nas regiões dos Açores e do Algarve, 27,9% e 10,7% respectivamente, avançou o INE.

Quanto às construções novas destinadas à habitação, os Açores foi a região a registar o maior aumento com 29%, seguindo-se o Algarve com 9,9% e a região centro com 1,7%.

O licenciamento de obras registou a maior quebra nas regiões da Madeira e no Alentejo de 13,8% e 9,6% cada uma. Relativamente às construções novas para habitação, a maior variação negativa foi nas regiões do Alentejo, com uma quebra de 10,8%, e a Madeira com uma descida de 10,2%.

Ver comentários
Outras Notícias