Saúde Líder do SAMS diz que a ADSE é opaca

Líder do SAMS diz que a ADSE é opaca

Na Conversa Capital, espaço de entrevista conjunto do Negócios e Antena 1, Rui Riso afirma que a ADSE é arrogante na forma como age com os fornecedores de serviços.
A carregar o vídeo ...
Celso Filipe Rosário Lira 16 de março de 2019 às 21:00

Rui Riso, presidente do Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas (SBSI) e do SAMS (Serviço de Assistência Médico Social) acusa a ADSE de "opacidade" e "arrogância".

Na Conversa Capital, espesso de entrevista conjunto do Negócios e Antena 1, Rui Riso afirma que a ADSE quer impor o seu preço, comprar sem negociar e ainda exige retificações, anos depois, sem permitir que a parte contrária afira como chegou a essas conclusões.

O sindicalista sublinha ainda que a ADSE faz estas exigências, mas, em contrapartida, só paga a 180 dias.

A ADSE "tem uma posição de uma grande arrogância na negociação e na forma como age", acrescenta Rui Riso.

"Quando transformaram a ADSE num sistema voluntário essa decisão pôs em perigo a sustentabilidade da ADSE porque a tendência natural é de só ficarem as pessoas que têm uma ligação maior ao sistema ou as que necessitam", conclui o sindicalista.

A entrevista a Rui Riso pode ser lida, na íntegra, na versão impressa ou na edição premium do Negócios de segunda-feira,18 de março.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI