Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lisboa abre concurso de 29 milhões para sistema de partilha de bicicletas

A EMEL lançou um concurso internacional com o objectivo de comprar 1.400 bicicletas, de forma a promover a mobilidade sustentável na capital portuguesa.

Bloomberg
André Cabrita-Mendes andremendes@negocios.pt 15 de Outubro de 2015 às 16:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • 31
  • ...
Sair de casa de manhã, pegar numa bicicleta partilhada num posto na rua, ir a pedalar para o trabalho e deixar a bicicleta noutro posto. Ao final do dia, o esquema repete-se mas no sentido inverso. Este vai ser um dos cenários possíveis na capital portuguesa a partir do próximo ano com o novo sistema de partilha de bicicletas. 

Lisboa lançou um concurso público no valor de 28,9 milhões de euros para criar um sistema de partilha de bicicletas na capital. O concurso foi aberto pela EMEL - Empresa Pública Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa que pretende contratar uma empresa para fornecer as bicicletas e implementar um Sistema de Bicicletas Públicas Partilhadas (SBPP).

O concurso prevê a compra de 1.400 bicicletas e a instalação das 140 estações que vão ficar espalhadas em zonas estratégicas da cidade de Lisboa e que vão possibilitar aos lisboetas recolher e entregar as bicicletas partilhadas.

O anúncio foi lançado também a nível internacional e estabelece que o contrato vai ter a duração de nove anos no total. O vencedor vai também ficar responsável pela gestão, manutenção e logística operacional pelo sistema, segundo um comunicado da EMEL.

Os interessados podem efectuar pedidos de esclarecimento até ao dia 23 de Outubro. A data final para entregar propostas é o dia 20 de Novembro, com as propostas a serem abertas três dias depois, a 23 de Novembro.

A EMEL estabelece que o principal critério de adjudicação será a proposta que for "economicamente mais vantajosa". Desta forma, o preço será o factor que vai pesar mais na escolha do vencedor (50%), seguido da "experiência de utilização da bicicleta" (30%), da qualidade da construção da bicicleta (10%) e, por último, a imagem escolhida para o SBPP (10%).
Ver comentários
Saber mais EMEL Lisboa EMEL - Empresa Pública Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa Sistema de Bicicletas Públicas Partilhadas bicicletas fernando medina SBPP economia negócios e finanças transportes
Mais lidas
Outras Notícias