Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lista de devedores engrossada com um milhar de gerentes de empresas

As Finanças actualizaram hoje a "lista negra" de devedores ao fisco. Acrescentaram-lhe 1.894 nomes, mais de metade dos quais (1.126) são administradores e gerentes de empresas que foram legalmente responsabilizados pelas respectivas dívidas.

Eva Gaspar egaspar@negocios.pt 01 de Abril de 2010 às 15:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
As Finanças actualizaram hoje a lista negra de devedores ao fisco. Acrescentaram-lhe 1.894 nomes, mais de metade dos quais (1.126) são administradores e gerentes de empresas que foram legalmente responsabilizados pelas respectivas dívidas.

Num comunicado enviado às redacções, o gabinete de Teixeira dos Santos escreve que a Direcção-geral de Contribuições e Impostos (DGCI) tem vindo a intensificar o chamamento destes administradores e gerentes ao pagamento das dívidas dado que, em última análise, são eles que determinam o comportamento e a vontade das empresas de regularizar as contas com o fisco.

O valor das dívidas recuperadas pela Administração Fiscal, na sequência da publicitação dos nomes de quem está em falta, ultrapassou mil milhões de euros, sendo que, em 2009, o valor pago por esses devedores atingiu 318 milhões de euros , acrescenta o comunicado.

Até agora, encontravam-se na lista negra 20.582 nomes (22.476, com a nova actualização). Desse universo, 7.523 são pessoas colectivas e 13.059 são pessoas singulares. Nestas, estão incluídos 7.146 administradores e gerentes de sociedades que foram responsabilizados pelo pagamento dos impostos devidos por essas sociedades, dada a respectiva ausência de património.

Em muitos casos trata-se de sociedades fictícias criadas pelos seus responsáveis para praticarem operações de fraude e de evasão fiscal , precisa o comunicado do Ministério de Teixeira dos Santos.


SAD do Boavista e Salgueiros entre os maiores devedores

A nova lista integra 14 empresas com dívidas ao fisco superiores a cinco milhões de euros. A SAD do Boavista e o Sport Comércio e Salgueiros são duas delas, sendo agora os únicos clubes de futebol na primeira liga dos devedores às Finanças. Outra, que já lá está há longa data, é a Euroamer, empresa que Artur Albarran trouxe para Portugal em 1997 com a ajuda de Frank Carlucci.

No escalão abaixo, com dívidas superiores a um milhão de euros, estão outros clubes de futebol, como o Vitória de Setúbal, o Farense, o Maia e o Seixal.
Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias