Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Livro de Relvas apresentado por Barroso e prefaciado por Aznar

Miguel Relvas e Paulo Júlio assinam um livro sobre a reforma da administração local de 2011. O ex-primeiro-ministro espanhol prefacia e fala na "vontade reformista" e na "visão estratégica" dos autores.

Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 02 de Junho de 2015 às 10:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • 42
  • ...

"O outro lado da governação". É este o título do livro assinado por Miguel Relvas e Paulo Júlio, ex-governantes do Executivo liderado por Pedro Passos Coelho. Será lançado a 2 de Julho, por Durão Barroso. O tema é a reforma da administração local, de 2011. No prefácio, José Maria Aznar defende que o ex-ministro e o ex-secretário de Estado mostraram "vontade reformista".

 

O objecto do livro, que chega às bancas pelas mãos da Porto Editora, é um relato sobre uma política que Relvas, enquanto ministro, quis assumir como uma bandeira. Paulo Júlio foi o secretário de Estado da Administração Local. "Partindo das suas experiências e vivências pessoais, Miguel Relvas e Paulo Júlio falam das grandes manifestações contra a reforma, das complexas negociações com a troika, das relações infrutíferas com o PS e das relações politicamente exigentes com a Associação Nacional dos Municípios Portugueses e com a ANAFRE, além de outros temas controversos e pouco conhecidos da opinião pública, como as reservas de sectores da maioria que apoiava o Governo e as divergências com o CDS por causa da lei eleitoral autárquica", aponta o documento da editora, divulgado esta terça-feira, 2 de Junho. 

 

José Maria Aznar prefacia o livro assinado por Miguel Relvas e Paulo Júlio, e que conta com a coordenação editorial de Adelino Cunha e Filipa Moreno. A parte do prefácio que consta da nota de imprensa da Porto Editora é elogiosa para os antigos governantes: "Os autores da Reforma da Administração Local de 2011 provaram, com a sua implementação e o culminar da mesma, a sua vontade reformista, a sua visão estratégica e, simultaneamente, a sua capacidade de racionalização, aproveitando a oportunidade oferecida pela crise para dar ao Estado uma dimensão mais justa, poupando uma boa quantidade de recursos públicos".

 

A administração local em Portugal, implementada quando a troika entrou em Portugal, passou pela diminuição do número de funcionários, pela redução de números de freguesias e pela extinção de Governos Civis. Mas houve vários aspectos que ficaram pelo caminho, como o corte de câmaras municipais e a alteração à lei eleitoral de forma a retirar a oposição de cargos de vereadores, conforme resumiu o Negócios há um ano, aquando do final do programa de intervenção externa.

 

Contando com testemunhos de vários políticos com presença habitual na comunicação social, com espaços habituais de comentário e debate nas televisões nacionais (a nota de imprensa destaca Fernando Ruas, Marcelo Rebelo de Sousa, Pedro Santana Lopes e Luís Marques Mendes), a apresentação irá ocorrer a 2 de Julho, em Lisboa, estando a cargo de José Manuel Durão Barroso.

 

Os dois autores do livro não cumpriram os seus mandatos de modo integral, tendo abandonado o Governo na sequência do seu envolvimento em polémicas. Paulo Júlio apresentou a demissão de secretário de Estado da Administração Local depois de acusado pelo Departamento de Investigação e Acção Penal de Coimbra de ter, em 2008, praticado um crime de prevaricação de titular de cargo político – crime pelo qual veio a ser condenado, tendo posteriormente recorrido. Já Miguel Relvas demitiu-se na sequência da polémica em torno da sua licenciatura na Universidade Lusófona, concluída com equivalências a um número elevado de cadeiras.

 

Em ano de eleições legislativas, vários têm sido os livros publicados à volta de políticos. Pedro Passos Coelho foi o centro de uma biografia autorizada enquanto estão a ser escritos dois livros sobre António Costa, conforme avançou esta segunda-feira o jornal Público.

Ver comentários
Saber mais Miguel Relvas Paulo Júlio Pedro Passos Coelho Reforma da Administração Local
Outras Notícias