Política Lobo D'Ávila anuncia que vai abandonar o parlamento

Lobo D'Ávila anuncia que vai abandonar o parlamento

No último congresso do CDS-PP, há dois anos, o ex-secretário de Estado da Administração Interna apresentou uma lista ao Conselho Nacional, que obteve 23% dos votos.
Lobo D'Ávila anuncia que vai abandonar o parlamento
Pedro Elias/Negócios
Lusa 10 de março de 2018 às 20:00
O deputado do CDS-PP Filipe Lobo D’Ávila anunciou, este sábado, no Congresso do CDS que vai deixar brevemente o parlamento, ressalvando que entre os centristas "não há cisões", "dissidências" ou "birras" e "ninguém atira a toalha ao chão", avança a Lusa.


"Desenganem-se os nossos adversários, porque aqui não se repetem os erros do passado. Aqui não há cisões, não há dissidências, aqui não há birras, aqui há paz interior e aqui ninguém atira a toalha ao chão. Aqui, senhora presidente do partido e senhores presidentes de outros partidos, somos já um partido da primeira liga", defendeu Lobo D’Ávila.


No último congresso do CDS-PP, há dois anos, o deputado e ex-secretário de Estado da Administração Interna quebrou a unanimidade em torno da líder do partido, Assunção Cristas, protagonizando uma lista ao Conselho Nacional, que obteve 23% dos votos.


Filipe Lobo D’Ávila agradeceu ao líder parlamentar, Nuno Magalhães, "a amizade de sempre, mas também a amizade dos últimos dois anos".




pub