Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Macron à frente de Le Pen e Hamon ultrapassado por Mélenchon

A mais recente sondagem da Harris Interactive mantém o candidato independente Emmanuel Macron na dianteira com mais um ponto percentual do que a rival de extrema-direita, Marine Le Pen. Já o candidato de extrema-esquerda Jean-Luc Mélenchon ultrapassou o socialista Benoît Hamon.

Reuters
David Santiago dsantiago@negocios.pt 23 de Março de 2017 às 14:39
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O candidato independente e centrista Emmanuel Macron é cada vez o mais forte candidato a vencer as presidenciais francesas, cuja primeira volta se realiza já no próximo mês de Abril. De acordo com a última sondagem da Harris Interactive para a France Televisions, Macron mantém a dianteira com 26% das intenções de voto, um ponto percentual à frente da candidata da Frente Nacional, Marine Le Pen.

 

A sondagem, divulgada esta quinta-feira, 23 de Março, confirma ainda o ex-ministro da Economia do Governo liderado por Manuel Valls e a candidata populista e de extrema-direita como os mais prováveis concorrentes ao segundo turno eleitoral, previsto para o início de Maio.

 

Este estudo de opinião reitera ainda a tendência de queda do candidato do centro-direita, François Fillon (Os Republicanos), que recua de 20% das intenções de voto verificados na sondagem publicada pela Harris Interactive em 9 de Março para 18% no estudo hoje conhecido.

 

Fillon continua a ser penalizado pela polémica relativa ao recurso a dinheiros públicos para atribuir empregos fictícios à mulher e dois filhos, um caso que está a ser investigado pelas autoridades judiciárias gaulesas e que eleva a pressão para o antigo primeiro-ministro desista da corrida presidencial tal como chegou a prometer.

 

Nota ainda para o candidato do PS francês, Benoît Hamon, que cai da quarta para a quinta posição, sendo ultrapassado por Jean-Luc Mélenchon, o candidato que agrega comunistas e algumas forças de extrema-esquerda.

 

Hamon cai de 13% para 12,5% enquanto Mélenchon sobe de 12% para 13,5%, o que parece mostrar que a aposta dos socialistas gauleses num homem da ala mais à esquerda do partido não está a ser suficiente para capitalizar votos ao centro-esquerda e à esquerda.  

 

A sondagem agora conhecida surge depois do primeiro debate televisivo que juntou os cinco candidatos melhor posicionados nas sondagens. E ao contrário do que poderiam ser as expectativas, não aconteceu nenhum ataque cerrado dos restantes candidatos a Le Pen, pelo contrário, tanto Fillon como Hamon centraram esforços no ataque a Emmanuel Macron.

 

Seja como for, todas as sondagens continuam a atribuir a vitória a qualquer um dos três candidatos do campo "moderado" numa hipotética segunda volta disputada contra Le Pen. 

Ver comentários
Saber mais França Manuel Valls Emmanuel Macron Frente Nacional Marine Le Pen François Fillon Os Republicanos Benoît Hamon Jean-Luc Mélenchon PS
Outras Notícias