Conjuntura Mapa: Só a Itália vai crescer menos que Portugal na Zona Euro em 2017

Mapa: Só a Itália vai crescer menos que Portugal na Zona Euro em 2017

O FMI está pouco optimista para a evolução da economia mundial e as perspectivas para Portugal não são animadoras. Veja o mapa com as previsões para a economia mundial.


O Fundo Monetário Internacional (FMI) antecipa uma ligeira desaceleração da taxa de crescimento da economia mundial, de 3,2% no ano passado para 3,1% neste ano, projectando 3,4% para 2017.

 

Os novos números do FMI foram divulgados nesta terça-feira, 4 de Outubro, no âmbito da actualização das Perspectivas Económicas Mundiais.

O FMI reviu significativamente em baixa a sua previsão de crescimento para a maior economia mundial, antecipando que, em ano eleitoral, os Estados Unidos cresçam apenas 1,6%, menos seis décimas do que estimava ainda há três meses.

 

Em contrapartida, graças a Espanha (mais 0,5 pontos percentuais, a maior revisão em alta entre as economias analisadas) e à Alemanha (mais uma décima), a Zona Euro deverá comportar-se um pouco melhor do que o FMI esperava, ao crescer 1,7% neste ano e 1,5% no próximo, em ambos os casos, mais uma décima do que era antecipado em Julho.

 

Já para Portugal, o FMI não mexeu nos números, depois dos cortes sucessivos feitos em Abril e Junho, esperando que a economia cresça 1% neste ano e 1,1% no próximo.

 

A confirmarem-se as previsões do FMI, 2017 será o oitavo ano consecutivo com o PIB de Portugal a crescer abaixo da média dos países do euro. Além disso, vai continuar no fundo da tabela. As estimativas do FMI apontam para que em 2017 só um país da Zona Euro estará pior do que Portugal: o PIB de Itália deverá crescer 0,9%. A Finlândia e o Reino Unido também deverão crescer 1,1% no próximo ano. Todos os outros deverão apresentar um desempenho superior.

 

Nas estimativas para este ano, segundo o FMI, haverá mais países do euro a fazer pior do que Portugal: Grécia +0,1%, Itália +0,8% e Finlândia +0,9%.

 

Alargando a geografia da análise com base nas estimativas do FMI para 2017, Portugal também continua a aparecer no fundo da tabela. Entre as economias definidas pelo FMI como avançadas, apenas a Itália, o Japão (0,6%) e Porto Rico (-0,5%) farão pior do que Portugal.

 
O economista chefe do FMI analisa os principais desafios da economia mundial:

A carregar o vídeo ...






pub

Marketing Automation certified by E-GOI