Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Maria Luís Albuquerque integra direcção do PSD que tem maioria de mulheres

Passos Coelho renovou a sua direcção e colocou as mulheres em maioria. Maria Luís Albuquerque entra para a Comissão Política Nacional do partido, tal como Sofia Galvão e Teresa Morais. A lista ao Conselho Nacional é liderada por Marques Guedes.

Paulo Duarte
Bruno Simões brunosimoes@negocios.pt 02 de Abril de 2016 às 20:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 24
  • ...
Apesar das dúvidas, Maria Luís Albuquerque vai mesmo fazer parte da direcção do PSD. Passos Coelho anunciou os nomes que propôs para a Comissão Política Nacional do partido ao início da noite deste sábado, no congresso do partido em Espinho, e a ex-ministra das Finanças passa a ser uma das vice-presidentes do partido. Também as ex-secretárias de Estado Sofia Galvão e Teresa Morais entram para a direcção do partido, substituindo Carlos Carreiras, Matos Correia e Pedro Pinto.

Com esta renovação, a direcção do PSD passa a ter as mulheres em maioria, com o presidente e dois vice-presidentes homens e quatro vice-presidentes mulheres, uma vez que Teresa Leal Coelho se mantém neste órgão. Passos Coelho mantém Jorge Moreira da Silva como primeiro vice-presidente e Marco António Costa na direcção do partido, ainda que este vá deixar provavelmente de ser porta-voz do partido.

A representação de mulheres também aumenta nos vogais da Comissão Política Nacional, que tinha duas e passa a ter quatro. São elas a ex-deputada Francisca Almeida, as deputadas Emília Santos e Joana Barata Lopes e também Ofélia Lopes.

Passos Coelho também renova a lista para o Conselho Nacional, que é encabeçada por Luís Marques Guedes. No último congresso, Passos surpreendeu o partido ao colocar Miguel Relvas como primeiro nome deste órgão. Desta vez, Relvas não aparece nos três primeiros nomes da lista. Além de Marques Guedes, Passos anunciou os nomes de Ricardo Rio e Aires Pereira como membros da lista ao Conselho Nacional.

Pedro Pinto deixa a direcção do partido para liderar a Comissão Nacional de Auditoria Financeira, mas Passos Coelho mantém João Calvão da Silva à frente do Conselho de Jurisdição do partido. O secretário-geral do partido continua a ser José Matos Rosa.

Também Fernando Ruas, agora eurodeputado, se mantém como presidente da Mesa do Congresso do PSD.

Carreiras é coordenador autárquico

Tal como o Negócios já tinha adiantado, o presidente da câmara de Cascais sucede a Jorge Moreira da Silva como coordenador autárquico do partido. Carreiras irá contar com outro famalicense, o presidente da câmara Paulo Cunha, e também com Catarina Manito, naquele órgão.

De acordo com Fernando Ruas, foram apresentadas "uma lista para a mesa do congresso, uma lista para a Comissão Política Nacional, quatro listas para a Conselho de Jurisdição Nacional, uma lista para a Comissão Nacional de Auditoria Financeira e oito listas para o Conselho Nacional". As listas ainda não tinham sido "apreciadas pelos órgãos respectivos".

os novos órgãos de passos coelho Comissão Política Nacional Jorge Moreira da Silva
Marco António Costa
Maria Luís Albuquerque
Sofia Galvão
Teresa Leal Coelho
Teresa Morais

Conselho Nacional Luís Marques Guedes
Ricardo Rio
Aires Pereira
Comissão Autárquica Carlos Carreiras
Paulo Cunha
Catarina Manito
Secretário-geral José Matos Rosa


(Notícia actualizada com mais informação às 20:20)
Ver comentários
Saber mais Congresso do PSD Maria Luís Albuquerque Comissão Política Nacional direcção Passos Coelho
Mais lidas
Outras Notícias