Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mario Monti abdica do salário de primeiro-ministro ao anunciar plano de austeridade

"No momento em que exigimos sacrifícios a todos os cidadãos, parece-me ser meu dever renunciar ao meu salário", afirmou Monti.

Lusa 05 de Dezembro de 2011 às 08:31
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
O primeiro-ministro italiano, Mario Monti, disse ontem que vai abdicar do seu salário de primeiro-ministro e de ministro das Finanças, ao anunciar ao país a adopção de um novo plano de austeridade.



"No momento em que exigimos sacrifícios a todos os cidadãos, parece-me ser meu dever renunciar ao meu salário", afirmou Monti numa conferência de imprensa, citado pela agência France Presse.



O Governo de Monti adoptou um novo plano de austeridade para combater a crise da dívida soberana, estimado em 24 mil milhões de euros.



Segundo os primeiros elementos do plano divulgados pela imprensa italiana, o plano incluirá cortes na despesa pública e um aumento de impostos.



As novas medidas agora adoptadas pelo Executivo "tecnocrático" liderado pelo antigo comissário europeu visam atingir o equilíbrio orçamental em 2013.



O antecessor de Monti, Silvio Berlusconi, já anunciara dois pacotes de austeridade em Julho e Setembro.

Ver comentários
Outras Notícias