Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Marques Mendes diz que IRC vai começar a descer já em 2014

O comentador político revelou que a Comissão Europeia quer que os encargos das empresas com o IRC comecem a descer já em 2014 e que, de uma taxa de 31,5%, as empresas passem a pagar 18%, até 2019.

Negócios 30 de Junho de 2013 às 17:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • 50
  • ...

“Actualmente o IRC - entre taxa, derrama e outros apêndices - está em 31,5%” e a ideia da “Comissão é baixar, a prazo, de 31,5% para qualquer coisa baixo dos 20%. Entre os 17% e 18%”, revelou Marques Mendes no seu espaço de comentário político semanal na SIC, no sábado à noite.

 

“É uma redução significativa. Esta é uma redução para ser feita a 5 anos, de uma forma gradual”, adiantou.

 

Marques Mendes explicou ainda que a redução gradual serve para “acomodar a perda de receita” que será gerada sem criar problemas orçamentais.

 

A descida “é para começar já em 2014. Para dar já um sinal aos agentes económicos e para reanimar a economia”, acrescentou o responsável.

 

Foram já vários os responsáveis políticos que referiram a necessidade de reduzir o IRC de forma a ajudar as empresas e tornar o investimento em Portugal mais atractivo. Portugal estará agora a preparar a reforma do IRC, que só poderá ser implementada após a aprovação da troika.

Ver comentários
Saber mais IRC impostos Marques Mendes troika Comissão Europeia ajuda externa
Outras Notícias