Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Membros de gabinetes dos ministérios e câmaras com corte salarial de 5%

O parlamento aprovou hoje a proposta do CDS-PP que prevê a redução de 5% no salário ilíquido dos membros de gabinetes governamentais, de câmaras municipais ou de governos civis.

  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...
A posição do PSD garantiu a viabilização da proposta, tal como o Negócios avançou ontem. A proposta do CDS-PP foi aprovada com os votos favoráveis do PSD, do PCP e do Bloco de Esquerda, contra a oposição do PS, que acusou o proponente de “demagogia”.

“Não vamos em demagogia. Do ponto de vista político demos um sinal para este efeito do esforço que é solicitado aos portugueses, mas em muitos dos gabinetes as pessoas são agentes da administração pública e são requisitadas, o facto de apoiarem e trabalharem com detentores de cargos políticos não justifica que se lhe corte o vencimento", sublinhou o deputado do PS Vítor Baptista, citado pela agência Lusa. Assunção Cristas, do CDS-PP, reconheceu que a medida tem um efeito mais simbólico do que orçamental. "Todos sabemos que a medida de corte dos salários dos políticos é mais simbólica do que proveitosa do ponto de vista da consolidação orçamental, mas a verdade é que deixar de fora o 'staff' político de apoio a esses cargos é passar uma mensagem errada", sustentou a deputada.

Ver comentários
Outras Notícias