Economia Mercado de entretenimento em Portugal encolheu 12% em 2013

Mercado de entretenimento em Portugal encolheu 12% em 2013

O sector que sofreu a menor queda foi o dos livros. A televisão continua a ser o meio de entretenimento preferido dos portugueses.
Mercado de entretenimento em Portugal encolheu 12% em 2013
Jock Fistick/Bloomberg
Negócios 21 de maio de 2014 às 17:02

O mercado português de entretenimento recuou 12% nas vendas em 2013 face ao ano anterior, segundo os dados da GfK revelados em comunicado enviado às empresas.

 

O sector que registou a maior queda nas vendas foi o dos videojogos que reduziu 16% face ao ano anterior, o sector do "gaming" representa 33% do mercado de entretenimento e incorpora consolas, acessórios e jogos para várias plataformas.

 

O segundo sector com a maior queda foi o dos filmes que recuou 15% e representa 7% no total do sector de entretenimento nacional. O sector da música perdeu 13% em 2013. Do total das vendas de música (16,5 milhões de euros), 70% são vendas em suporte físico mas as vendas em suporte digital já representam 30% do total.

 

O sector dos livros foi o que revelou a menor queda, com um recuo ligeiro de 1%. O sector livreiro representa 55% da facturação total das quatro áreas do entretenimento. O estudo da GfK junto da população portuguesa revela que um terço das pessoas lê livros (excluindo os não escolares) e 6% fazem-no em formato digital.

 

Televisão ainda é o entretenimento favorito dos portugueses

 

A televisão continua a ser o meio de entretenimento preferido dos portugueses, embora tenha vindo a perder terreno. O estudo da GfK junto de uma amostra representativa da população portuguesa, revela que actividades de entretenimento relacionadas com a internet estão a ganhar protagonismo nas horas de lazer dos portugueses, tendo atingido 49% do total das actividades que compõem as opções de entretenimento dos cidadãos de Portugal.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI