Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Merkel mais "determinada que nunca" a aplicar Acordo de Paris

"Essa decisão não pode e não vai travar aquilo que nós, por obrigação, temos de proteger", disse a chanceler alemã em Berlim.

Merkel Trump
Reuters
Lusa 02 de Junho de 2017 às 11:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
A chanceler alemã, Angela Merkel, disse hoje estar "mais determinada do que nunca" para actuar sobre as questões climáticas reagindo à retirada dos Estados Unidos do Acordo de Paris anunciada, na quinta-feira, pelo presidente Donald Trump.

"Essa decisão não pode e não vai travar aquilo que nós, por obrigação, temos de proteger", disse a chanceler alemã em Berlim.

"Nós estamos mais determinados que nunca, na Alemanha, na Europa e no mundo a juntar esforços" para enfrentar as questões relacionadas com as alterações climáticas, acrescentou.

Trump anunciou na quinta-feira a retirada dos Estados Unidos do Acordo de Paris, argumentando que o pacto põe em "permanente desvantagem" a economia e os trabalhadores norte-americanos.

Com esta decisão, os Estados Unidos "cessarão todas as implementações" dos seus compromissos climáticos fixados em Paris, que incluem a meta proposta pelo ex-presidente Barack Obama de reduzir até 2025 as emissões de gases de efeito de estufa entre 26% e 28% em relação aos níveis de 2005.

Concluído em 12 de Dezembro de 2015 na capital francesa, assinado por 195 países e já ratificado por 147, o acordo entrou formalmente em vigor em 4 de Novembro de 2016, e visa limitar a subida da temperatura mundial reduzindo as emissões de gases com efeito de estufa.

Portugal ratificou o acordo de Paris em 30 de Setembro de 2016, tornando-se o quinto país da União Europeia a fazê-lo e o 61.º do mundo.

O acordo histórico teve como "arquitectos" centrais os Estados Unidos, então sob a presidência de Barack Obama, e a China, e a questão dividiu a recente cimeira do G7 na Sicília, com todos os líderes a reafirmarem o seu compromisso em relação ao acordo, com a excepção de Donald Trump.
Ver comentários
Saber mais Trump clima ambiente Merkel Acordo de Paris
Mais lidas
Outras Notícias