Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Merkel diz que é contra "tabus" no debate sobre reforma do euro

A chanceler alemã disse que "não há tabus" no esforço que a Europa vai fazer para convencer os mercados financeiros de que o sistema bancário será protegido da instabilidade dos mercados.

Negócios negocios@negocios.pt 31 de Maio de 2012 às 15:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • 10
  • ...
Existem “possibilidades para uma maior cooperação” entre as instituições europeias, disse Angela Merkel, que se tem oposto à ideia de permitir que o fundo de resgate europeu empreste dinheiro directamente aos bancos.

“Podemos certamente tornar mais óbvio para os mercados financeiros o que é que se está a passar na Europa em termos de novas instituições e novas possibilidades para aliviar os receios de instabilidade dos bancos”, afirmou a líder do Governo alemão, citada pela Bloomberg.

A responsável disse que os responsáveis europeus devem eliminar o seus “tabus” mas lembrou que algumas das propostas exigem a alteração dos tratados europeus. Nesse caso, as alterações estruturais seriam para os próximos cinco a 10 anos, acrescentou.

Merkel tem-se oposto à utilização do Mecanismo Europeu de Estabilidade para financiar a banca sem ser necessário um resgate nacional, mas enfrenta agora pressões adicionais de antigos aliados como França e Itália. A chanceler elogiou o esforço feito por Mariano Rajoy para resolver os problemas do sector da banca no país.

Ver comentários
Saber mais Merkel Angela Merkel crise Alemanha Espanha Itália
Outras Notícias