Economia Ministério do Ambiente ganha tutela da floresta

Ministério do Ambiente ganha tutela da floresta

As florestas deixam a alçada do Ministério da Agricultura para passarem para a do Ambiente, que substitui a Transição Energética pela Ação Climática, como pretendia o Bloco de Esquerda.
Ministério do Ambiente ganha tutela da floresta
Micaela Neto
Maria João Babo 15 de outubro de 2019 às 19:23

O atual ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, passará a ser no novo Executivo ministro do Ambiente e da Ação Climática, reforçando com isso as áreas que tem sob a sua tutela.

Vai ser esse o caso da floresta, que até agora estava sob a alçada de Capoulas Santos no Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural e que segundo o novo elenco apresentado esta terça-feira por António Costa ao Presidente da República contará com Maria do Céu Albuquerque num Ministério que ostenta apenas a designação de Agricultura.

Já a área do Desenvolvimento Rural deverá passar para a tutela da pasta agora criada da Coesão Territorial, da qual Ana Abrunhosa será ministra.


A criação do Ministério da Ação Climática foi uma proposta que o Bloco de Esquerda apresentou no seu programa eleitoral para as legislativas de 6 de outubro.


João Pedro Matos Fernandes manterá assim a tutela de áreas como o ambiente, energia, a mobilidade e os transportes e a conservação da natureza, a que vão agora somar-se as florestas.  




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI