Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Monti: Sem austeridade "Itália teria afundado como a Grécia"

O primeiro-ministro italiano, Mario Monti, garantiu hoje que, se Itália não tivesse aprovado o plano de ajustamento, seguiria os mesmos passos que a Grécia e "ter-se-ia afundado".

Rita Faria afaria@negocios.pt 05 de Dezembro de 2011 às 13:06
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
“Sem este pacote de medidas, Itália afundaria e cairia numa situação idêntica à da Grécia, um país pelo qual temos uma grande simpatia, mas o qual não queremos imitar”, afirmou Mario Monti, numa conferência de imprensa em Roma, citado pela agência Efe.

Nesse sentido, o chefe do executivo italiano considera ser fundamental recuperar a credibilidade face aos pares europeus, para que a economia do país volte a ser “de pleno respeito” no contexto do euro.

“Para que Itália possa desempenhar um papel credível e de pleno respeito, no contexto europeu e internacional, tem de resolver primeiro os graves problemas que nos convertem, por vezes, num parceiro pouco credível, e inclusive numa fonte de possíveis infecções para a Zona Euro”, admitiu o responsável.

Monti reconheceu ainda que esta semana é “crucial” para a situação de crise na Europa, e que Itália “fez ontem a sua parte”, referindo-se ao plano de austeridade anunciado no domingo, e que será hoje apresentado no parlamento. O plano de ajustamento para a economia italiana prevê cortes orçamentais de 30 mil milhões de euros.
Ver comentários
Saber mais Mario Monti Italia austeridade
Outras Notícias