Economia Moody’s mantém nota da dívida de Itália apesar da demissão do primeiro-ministro

Moody’s mantém nota da dívida de Itália apesar da demissão do primeiro-ministro

A agência de notação financeira Moody's manteve esta sexta-feira, dia da demissão do primeiro-ministro italiano, o ‘rating’ da dívida soberana de Itália no nível “Baa2”, mas reviu em alta a perspectiva, de negativa para estável.
Moody’s mantém nota da dívida de Itália apesar da demissão do primeiro-ministro
Lusa 15 de fevereiro de 2014 às 10:16

A agência, que tinha descido a nota de Itália no Verão de 2012 de “A3” para “Baa2”, justificou a decisão, entre outros aspectos, com a “resiliência da solidez financeira do Governo italiano”.

 

A Moody’s prevê uma “estabilização” do nível da dívida do Estado italiano em 2014.

 

A agência “espera um nível da dívida correspondente a 135% do Produto Interno Bruto (PIB), (…) se existir um modesto crescimento, se as autoridades equilibrarem o orçamento como previsto e se os custos do financiamento não aumentarem”.

 

A demissão do primeiro-ministro italiano Enrico Letta, oficializada esta sexta-feira, 14 de Fevereiro, e a sua provável substituição por Matteo Renzi, “não muda nada nas nossas expectactivas neste domínio”, acrescentou a Moody’s.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI