Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Morreram mais 20 pessoas em Portugal com covid-19 e casos confirmados aumentam 1,23%

Em 24 horas o número de mortos em Portugal com o coronavírus aumentou de 928 para 948.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 28 de Abril de 2020 às 12:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

O número de vítimas mortais em Portugal devido ao novo coronavírus aumentou para 948, o que traduz uma subida de 20 óbitos face a ontem, quando estavam contabilizados 928, anunciou a DGS esta terça-feira, 28 de abril.

O número de infetados (casos confirmados) aumentou 1,3% para 24.322, sendo que em termos absolutos a subida de casos foi de 295. Ontem tinham aumentado 0,68% para 24.027, registando o ritmo de crescimento mais baixo desde 19 de março.

O crescimento diário do número de mortos baixou em termos absolutos (20 contra 25 ontem), sendo que a taxa de crescimento também desceu (2,2% contra 2,8% ontem). O número de novos óbitos foi o mais baixo desde 6 de abril.

 

Verifica-se uma ligeira subida na taxa de crescimento do número de infetados (1,23% contra 0,68% ontem). Em termos absolutos também aumentou (295 contra 163 ontem).

 


Apesar da aceleração face a ontem, a taxa de crescimento do número de pessoas infetadas continua baixa, o que deverá suportar a decisão do Governo de terminar o estado de emergência a partir do início de maio e avançar com a abertura gradual da economia.

O número de novos casos é o terceiro mais baixo do mês de abril.


Tendo em conta o número de infetados e de vítimas mortais, a taxa de letalidade é de 3,9%, acima do registado ontem (3,86%). Nos doentes com mais de 70 anos a taxa de letalidade é de 13,9%.

 

Existem 1.389 casos recuperados, acima dos valores registados ontem (1.329).

Segundo o boletim diário da DGS, há 546 mortos no Norte (mais de metade do total), 185 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 194 no centro e 12 no Algarve. Os Açores registam 10 óbitos, o Alentejo tem um óbito e a Madeira continua sem vítimas mortais a lamentar.

 

Entre as vítimas mortais, 642 têm mais de 80 anos (67,7% do total); 187 entre 70 e 79; 83 entre 60 e 69; 27 entre 50 e 59 e 10 com idade entre 40 e 49 anos. 479 são mulheres e 469 homens.  

 

O número de casos suspeitos aumentou para 239.065 (ontem estava em 237.571) e 3563 pessoas aguardam resultados de testes laboratoriais (5.091 ontem). O número de pessoas em vigilância pelas autoridades é agora de 29.559, quando ontem estava acima dos 30 mil.



Doentes nos hospitais em queda há 12 dias seguidos

 

Os dados indicam que dos mais de 24 mil casos confirmados, 936 estão internados em hospitais, o que corresponde a uma descida de 6% face a ontem (995).

 

No que diz respeito aos doentes internados nas Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), verificou-se uma queda de 2%, para 172 (ontem tinham descido 3% para 176).

 

Este foi já décimo segundo dia seguido de descida no número de pessoas internadas e o nono no número de pessoas internadas nas UCI. O número de doentes internados em hospitais é o mais reduzido desde 1 de abril. O número de internados nas UCI é o mais reduzido desde 29 de março.

 

Apenas 0,71% das pessoas infetadas estão internadas em cuidados intensivos. Do total, 3,9% dos infetados estão internados. Estes dois indicadores estão em mínimos.


A região Norte (14.702) continua a ser a região que regista o maior número de casos confirmados, com mais de metade do total. Segue-se Lisboa e Vale do Tejo (5.593), região Centro (3.289) e Algarve (330). Há 121 casos nos Açores, 86 na Madeira e 201 no Alentejo.

Esta é a divisão dos casos confirmados por concelho:

Ver comentários
Saber mais covid-19 coronavírus POrtugal DGS boletim diário
Mais lidas
Outras Notícias