Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mourinho Félix: "Não estamos a dar benesses à banca nas imparidades"

Secretário de Estado Adjunto e das Finanças diz ao Negócios que a proposta sobre o tratamento fiscal das imparidades da banca é um compromisso entre a previsibilidade das receitas públicas e a preservação do capital dos bancos – e da Caixa Geral de Depósitos em particular.

Miguel Baltazar
Elisabete Miranda elisabetemiranda@negocios.pt 20 de Novembro de 2017 às 23:18
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

A alteração ao regime fiscal dos activos por impostos diferidos da banca, apresentada na passada sexta-feira pelo PS, é um compromisso que, não sendo ideal para nenhuma das partes, preserva a posição de ambas. É pelo menos assim que o secretário de Estado Adjunto e das Finanças a descreve ao Negócios, para garantir que não está a ser dada qualquer benesse ao sector financeiro.

Em causa está uma

...

Ver comentários
Saber mais Orçamento do Estado para 2018 activos por impostos diferidos DTA imparidades receita fiscal IRC banca
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias