Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

“Não podemos excluir a possibilidade” de novos aumentos de juros

O governador do Banco Central Europeu (BCE), Axel Weber, afirmou hoje que pode ser necessário aumentar mais as taxas de juro de referência para a Zona Euro para se prevenir que o crescimento económico impulsione a inflação.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 13 de Março de 2007 às 13:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O governador do Banco Central Europeu (BCE), Axel Weber, afirmou hoje que pode ser necessário aumentar mais as taxas de juro de referência para a Zona Euro para se prevenir que o crescimento económico impulsione a inflação.

"Não podemos excluir a possibilidade da política monetária ter de ir além" do actual nível "acomodatício" afirmou o governador numa conferência de imprensa citada pela Bloomberg.

O membro do conselho do BCE justificou esta possibilidade com a necessidade de evitar que o crescimento económico impulsione a inflação para níveis indesejados.

O responsável alertou para os riscos inflacionistas e para a pressão que a evolução económica da região possa exercer sobre os preços. "A evolução dos preços está marcada pelos riscos no horizonte", reiterou o responsável.

Axel Weber junta-se assim a outros membros do BCE, como o austríaco, Klaus Liebscher, que ontem alertou "todos os que dizem que temos a inflação sob controlo", que "definitivamente, encontramos riscos no horizonte" e não podemos "recostar-nos e considerar que o trabalho está feito". As declarações de Liebscher foram interpretadas como um sinal de que os juros poderão ir além dos 4% que Jean-Claude Trichet já deixou implícitos.

O BCE optou por aumentar a taxa de juro na última quinta-feira para os 3,75% e o discurso do presidente da autoridade monetária, Jean-Claude Trichet, sugeriu ao mercado que a política de subidas de juros poderá estar perto do fim, já que o responsável disse que as taxas estão "moderadas" e não "baixas" como até então tinha defendido.

Outras Notícias