Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Negociação colectiva trava a fundo com a crise

Subida do salário mínimo garantiu aumentos nominais de 2,1%. Mas a inflação está a acelerar este ano e Bruxelas prevê que fique nos 3,4

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A negociação colectiva está em acentuada quebra, o que pode condicionar a actualização de salários ou a introdução de mecanismos de adaptabilidade de horários, até que as medidas decididas pela troika sejam implementada.

As convenções colectivas publicados no primeiro trimestre abrangeram 262 mil trabalhadores, quase metade dos 584 mil registados no mesmo período do ano anterior. Para estes resultados contribui o facto do número de convenções assinadas ter caído 16% face ao primeiro trimestre do ano passado, revelam os dados da Direcção-Geral do Emprego e das Relações do Trabalho (DGERT).




logo_empresas

Ver comentários
Saber mais Economia Salários
Outras Notícias