A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Novas encomendas na indústria aumentam 4,3%

As novas encomendas na indústria portuguesa aumentaram 4,3% em Outubro, face a igual período de 2002, influenciadas pelas «encomendas de bens de investimento, com origem no mercado nacional», anunciou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 09 de Dezembro de 2003 às 11:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As novas encomendas na indústria portuguesa aumentaram 4,3% em Outubro, face a igual período de 2002, influenciadas pelas «encomendas de bens de investimento, com origem no mercado nacional», anunciou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

As encomendas recebidas na indústria, com origem no mercado externo, «diminuíram 4,3% no trimestre terminado em Outubro de 2003, quando comparado com o mesmo período do ano anterior».

No mercado nacional, as novas encomendas recebidas «apresentaram uma variação de 10,0%, diminuindo o ritmo de crescimento registado nos últimos meses», referiu o INE. As principais contribuições para o aumento de novas encomendas vieram dos «Bens de Investimento» e dos «Bens de Consumo», com 6,3% e 3,3%, respectivamente.

O que diz respeito ao mercado externo, a diminuição de 4,3% nas encomendas recebidas tem como maiores contribuições os agrupamentos de «Bens Intermédios» e de «Bens de Consumo Total», com 7,7% e 3,4% negativos, respectivamente.

No entanto, segundo o INE, «a principal contribuição para o comportamento registado no índice geral das encomendas recebidas no mercado externo foi dada pelo agrupamento de «Bens Intermédios», com 3,9 pontos percentuais negativos».

Ver comentários
Outras Notícias