Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Novo líder sueco promete mais privatizações e descarta novo referendo ao euro

Fredrik Reinfeldt, que se prepara para assumir a chefia do Governo da Suécia, promete dar uma guinada mais liberal à política económica do país.

Negócios 18 de Setembro de 2006 às 09:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Fredrik Reinfeldt, que se prepara para assumir a chefia do Governo da Suécia, promete dar uma guinada mais liberal à política económica do país.

Novas privatizações, reformas na segurança social e incentivos fiscais para promover o emprego são algumas das promessas que fez durante a campanha eleitoral, durante a qual  manifestou não ter intenção de voltar a referendar a eventual entrada da Suécia da Zona Euro.  

O líder da coligação de centro-direita, que ontem derrotou por uma estreita margem (48% contra 46,2%) Göran Persson, que há  dez anos chefiava o Governo de maioria social-democrata, deu indicações de que quer vender diversas participações do Estado. O processo de alienação, com o qual espera gerar cerca de 22 mil milhões de euros, deverá a abranger o banco Nordea, a telefónica Telia Sonera e a companhia aérea SAS.

Ver comentários
Outras Notícias