Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Novos leilões testam "Living Like a Rockefeller"

A casa de leilões Sotheby’s venderá centenas de peças de mobiliário, obras de arte, objectos de decoração e jóias da herança de Nelson e Happy Rockefeller.

Bloomberg
Bloomberg 06 de Outubro de 2018 às 12:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Quando a herança de David Rockefeller foi vendida na Christie’s de Nova Iorque, no início do ano, o fascínio de "viver como um Rockefeller" induziu coleccionadores ávidos a gastar somas extravagantes. Figuras de porcelana que seriam vendidas por alguns milhares de dólares, segundo as estimativas, foram arrematadas por valores cinco vezes mais altos, e pratos de porcelana (havia muita porcelana) estimados em milhares de dólares foram vendidos por milhões.

 

Agora, a rival da Christie’s, a Sotheby’s, tem esperanças de que tenha sobrado alguma mágica dos Rockefeller.

 

A partir de 13 de Novembro, a casa de leilões venderá centenas de peças de mobiliário, obras de arte, objectos de decoração e jóias da herança de Nelson e Happy Rockefeller. Nelson, ex-vice-presidente dos EUA e ex-governador de Nova Iorque, morreu em 1979; a sua viúva, Happy, morreu em 2015.

 

Os cerca de 450 lotes foram divididos em três segmentos. O primeiro será um leilão dedicado a design, arte impressionista, moderna e contemporânea do século XX do apartamento do casal na Quinta Avenida; o segundo, composto por jóias de Happy, será incluído no leilão "Magnificent Jewels" da casa de leilões, agendado para 4 de Dezembro; e o terceiro, que contém o restante dos móveis e objectos de arte decorativa, será integrado nos leilões American Week da Sotheby’s, em Janeiro de 2019.

 

No total, os lotes da herança têm uma estimativa global "de mais de 8 milhões de dólares", segundo a casa de leilões.

 

Embora esta estimativa possa ser considerada bastante modesta, considerando os resultados excelentes da Christie’s este ano, é importante lembrar que nem todas as vendas Rockefeller são iguais. Enquanto o leilão de David foi identificado como uma espécie de liquidação total - a venda mais luxuosa do género da história -, a próxima venda da Sotheby’s é um conjunto muito menor.

 

Estrelas do leilão

As verdadeiras estrelas do leilão serão uma selecção de porcelanas do famoso serviço "Swan" de Meissen, cujas estimativas variam entre 8.000 e 250.000 dólares, e um grupo de obras de arte e objectos de decoração que estão particularmente em voga no mercado actual.

 

Duas obras do escultor Alberto Giacometti estão avaliadas entre 700.000 e um milhão de dólares cada e um trio de lâmpadas de pé do artista tem estimativas de 200 a 300.000 dólares cada. Há também um retrato de 1967 de Nelson Rockefeller feito por Andy Warhol, com estimativa entre um milhão e 1,5 milhões de dólares. Um trabalho de 1933 de Joan Miró tem estimativa de 600.000 a 800.000 dólares.

 

A realização da venda alguns meses após o leilão da Christie’s é mera coincidência, disse Nina Del Rio, vice-presidente da Sotheby’s. "O momento foi determinado pelos administradores da herança", diz. "Mas o facto de um ser em Novembro e outro em Janeiro tem muito a ver com o posicionamento das pinturas e da arte decorativa nos nossos leilões de arte moderna e contemporânea do Outono [Hemisfério Norte]."

 

O nome Rockefeller, saliente, ajuda sempre nas vendas. "Acho que o comprador vai interessar-se por esta história e vai querer uma peça desta linhagem."

(Texto original: Three New Auctions Put "Living Like a Rockefeller" to the Test)

Ver comentários
Saber mais Sotheby’s Christie David Rockefeller Happy Rockefeller Nelson Rockefeller arte
Outras Notícias