Emprego Número de portugueses a trabalhar em Espanha cresceu 9,6% num ano

Número de portugueses a trabalhar em Espanha cresceu 9,6% num ano

O número de portugueses a trabalhar em Espanha aumentou 9,6% no espaço de um ano. Portugal é o quinto país da União Europeia (UE) com mais trabalhadores no país vizinho.
Número de portugueses a trabalhar em Espanha cresceu 9,6% num ano
Angel Navarrete
Pedro Curvelo 17 de abril de 2018 às 12:30

Em Março deste ano, eram 48.814 os trabalhadores portugueses inscritos na Segurança Social espanhola, o que traduz uma subida de 9,57% face a Março de 2017. Em relação a Fevereiro, o contingente de trabalhadores portugueses legalizados em Espanha aumentou em 616, ou 1,27%.

Madrid, Catalunha e Galiza concentram mais de metade dos trabalhadores portugueses em Espanha. Na Galiza, aliás, os portugueses são a nacionalidade com maior peso – um em cada cinco trabalhadores estrangeiros (22%) é português.

Portugal ocupa o quinto lugar entre os países da UE no que toca ao total de trabalhadores estrangeiros em Espanha, atrás de Roménia, Itália, Reino Unido e Bulgária, e o nono posto entre todos os países.

A Roménia, com 332.953 trabalhadores, ou mais de um sexto do total (17,7%), é o país com mais inscritos na Segurança Social espanhola. Seguem-se Marrocos (239.086), Itália (101.527) e China (99.659).

No final de Março, a Segurança Social espanhola contabilizava 1.873.813 trabalhadores estrangeiros inscritos, mais 7,71% do que um ano antes e mais 2,05% do que em Fevereiro.




pub