Economia O dia num minuto: As perdas no NB, a reposição dos feriados, a nova líder do Fisco e as mudanças na 2ª Circular

O dia num minuto: As perdas no NB, a reposição dos feriados, a nova líder do Fisco e as mudanças na 2ª Circular

O Governo confirmou que este ano serão repostos todos os feriados suprimidos em 2013 e fez nomeações em duas importantes instituições do Estado, que pela primeira vez serão lideradas por mulheres.
O dia num minuto: As perdas no NB, a reposição dos feriados, a nova líder do Fisco e as mudanças na 2ª Circular
Bloomberg
Negócios 05 de janeiro de 2016 às 20:11

Particulares perdem no Novo Banco. O Banco de Portugal esclareceu os investidores particulares que detêm obrigações seniores do Novo Banco que foram reenviadas para o BES. O tratamento será o mesmo dos investidores institucionais, ou seja, vão perder o valor investido. Num esclarecimento enviado a estes investidores, o regulador esclarece que "a retransmissão para o BES abrange todas as obrigações emitidas" cuja emissão foi dirigida a investidores qualificados. A solução anunciada pelo Banco de Portugal no final do ano passado para recapitalizar o Novo Banco visava deixar os particulares de fora, mas alguns acabam ainda assim por ser penalizados pois os títulos em causa chegaram às mãos de particulares, nomeadamente através de balcões de vários bancos.

 

BPI analisa proposta de Isabel dos Santos. A carta de Unitel com a oferta de compra de 10% do BFA por 140 milhões de euros não ficou muito tempo sem resposta. O BPI anunciou esta terça-feira que vai "analisar" a proposta da companhia angolana, como forma de resolver o problema do excesso de concentração de riscos do banco liderado por Fernando Ulrich em Angola. Na carta, que foi publicada na CMVM, o BPI justifica que não aceitou nenhuma das anteriores propostas da Unitel porque "nenhuma delas se apresentava como meio adequado para resolver" o problema da elevada exposição do BPI ao mercado africano.

 

Quatro feriados repostos. É já este ano que serão repostos os quatro feriados que foram retirados do calendário em 2013. O Governo anunciou esta terça-feira que vai repor também os feriados religiosos (o Corpo de Deus a 26 de Maio e o dia de Todos os Santos a 1 de Novembro) ainda este ano, juntamente com os feriados civis (Implantação da República a 5 de Outubro e a Restauração da Independência a1 de Dezembro). A reposição destes quatro feriados assegura mais três "pontes" com fins-de-semana prolongados em 2016, como pode ver neste calendário.

 

IMI pode descer. Os coeficientes de localização, um dos factores que são tidos em conta no cálculo do IMI, foram actualizados a partir deste ano. Mas para que os proprietários possam beneficiar com uma possível revisão em baixa deste coeficiente, têm que se dirigir às Finanças e verificar se podem ou não passar a pagar menos imposto. Ou então consultar o Portal das Finanças, na internet, onde a pesquisa deverá ficar disponível em breve. Filomena Lança, redactora principal do Negócios, explica a importância desta revisão e o que fazer para saber se pode pagar menos imposto. 

 

Helena Borges lidera o Fisco. O Governo escolheu Helena Borges para liderar a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) nos próximos cinco anos. Será a primeira vez que um dos maiores e mais poderosos organismos da Administração Pública será gerido por uma mulher. Helena Borges integrou a "short-list" de três nomes que foi proposto pela Cresap ao Governo, depois de nos dois concursos anteriores não ter chegado lá e de, no primeiro, não ter sido considerada apta. Esta terça-feira foi ainda conhecida outra nomeação do Governo, com a nomeação de Luísa Maia Gonçalves como directora nacional do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. Também aqui será a primeira vez que este organismo do Estado será liderado por uma mulher.

 

China trava queda da Bolsa. Para travar nova sessão negra nas bolsas, as autoridades chinesas foram obrigadas a intervir, ao colocarem os fundos governamentais bastante activos na compra de títulos e o banco central do país a injectar mais de 18 mil milhões de euros em liquidez no sistema financeiro. Uma actuação que permitiu controlar as perdas, com o índice Shanghai Composite a cair apenas 0,26%. Na Europa o dia foi mesmo de ganhos, com as bolsas a recuperarem do pior arranque de ano de sempre. Lisboa não conseguiu acompanhar esta tendência, com o PSI-20 a recuar pela quarta sessão devido à queda da Galp.

 

Segunda circular vai mudar. A via lisboeta onde circulam 110 mil automóveis por dia vai sofrer alterações profundas em 2017, numa operação que implica um investimento de perto de 10 milhões de euros ao longo de 11 meses de obras. A modernização e requalificação da Segunda Circular, promovida pela Câmara Municipal de Lisboa, vai implicar a redução da velocidade máxima permitida para 80 quilómetros por hora (km/h), a repavimentação de toda a via e a substituição do sistema de iluminação público para lâmpadas LED. Outra das novidades passa pela introdução de um separador central com 3,5 metros de largura com árvores e arbustos.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI