Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

O dia num minuto: Estabilidade na banca, os lamentos de Angola e a recolha da VW

Na frente da instabilidade política nada de novo, na banca há boas notícias e em Angola nem por isso. Rio e Jardim estão fora da corrida a Belém e a VW vai recolher 8,5 milhões de veículos na Europa.

Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 15 de Outubro de 2015 às 20:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Banca com perspectiva estável. Fustigada durante vários anos por revisões negativas por parte das agências de "rating", a banca portuguesa recebeu esta quinta-feira notícias positivas. A Moody’s melhorou a perspectiva das instituições financeiras portuguesas de "negativa" (onde se encontrava desde 2008) para "estável", devido à recuperação "modesta" da economia portuguesa e à estimativa de regresso do sector aos lucros em 2016. A agência defende que os bancos portugueses estão agora "mais bem posicionados para absorver potenciais perdas" e reforçar os fundamentais.

 
Angola culpa "entidades estrangeiras". Uma "indisponibilidade momentânea" de José Eduardo dos Santos impediu o Presidente da República de Angola de efectuar o discurso sobre o Estado da Nação, pelo que coube ao vice-presidente Manuel Vicente acusar as "entidades estrangeiras" de fomentarem o caos e a desordem no país. Num discurso onde anunciou um corte para metade do investimento público e dos gastos do Estado, Manuel Vicente revelou que o Governo não espera uma recessão (o PIB deverá crescer 4% este ano) e que a economia está cada vez menos dependente do petróleo. Quanto à empresa estatal Sonangol, que foi liderada por Manuel Vicente, será alvo de uma reestruturação.

Costa diz ter mais condições que Passos. Bruxelas foi esta quinta-feira o palco central da política portuguesa, com António Costa, Catarina Martins e Passos Coelho na capital belga para participarem em reuniões partidárias e no Conselho Europeu no caso do primeiro-ministro. O líder do PS repetiu que julga ter mais condições que Passos Coelho para "oferecer uma solução estável de governo ao país" e acusou a coligação de não estar a fazer o mesmo esforço que os partidos de esquerda para haver um entendimento. Costa recebeu em Bruxelas o apoio do também socialista Martin Schulz (presidente do Parlamento Europeu) e rebateu as críticas de vários membros do PS, entre eles Francisco Assis. Apesar da discordância de vários deputados, é muito improvável que Costa enfrente uma rebelião no seu grupo parlamentar.

 

Cavaco ouve partidos na próxima semana. Depois de vários jornais terem publicado notícias contraditórias sobre qual vai ser a decisão de Cavaco Silva sobre o próximo Governo, a Presidência da República publicou uma nota onde dá conta que o Presidente da República não tomou ainda nenhuma decisão e quando tal acontecer os portugueses serão os primeiros a saber. Também esta quinta-feira Cavaco Silva anunciou as datas em que vai receber os partidos políticos na sequência dos resultados finais das legislativas. Será na terça-feira e quarta-feira da próxima semana, o que dá ainda alguns dias para os partidos prosseguirem com negociações paralelas. 

 

VW recolhe veículos. 8,5 milhões de veículos a diesel afectados na União Europeia pelo escândalo Volkswagen vão ser chamados à oficina. O anúncio foi efectuado pela construtora alemã e surge depois de o regulador do país, a ABA, ter rejeitado a proposta de responsabilizar os donos dos automóveis afectados de levarem, voluntariamente, os seus veículos à reparação. A reparação dos automóveis começará em Janeiro e não terá qualquer custo para os clientes da marca alemã.

 

Rio e Jardim fora da corrida às Presidenciais. Marcelo Rebelo de Sousa vai ter menos adversários à direita na sua candidatura à Presidência da República. Rui Rio oficializou a desistência num artigo de opinião no Jornal de Notícias, onde critica a liberdade de voto dada pela coligação PSD/CDS e cita o "quadro parlamentar instável" que resultou das legislativas para tomar esta decisão. Mais tarde foi a vez de Alberto João Jardim também anunciar que não é candidato, porque não recebeu os apoios necessários fora da Madeira e porque não pretende "protagonizar quixotismos nas eleições presidenciais".

  

As melhores empresas para trabalhar. As empresas de tecnologias dominam o ranking das melhores multinacionais para trabalhar. Confira a lista das 25 na fotogaleria do Negócios.

 

Tesla aconselha a não largar o volante. A construtora automóvel da moda apresentou o seu sistema de piloto automático nos novos Tesla Model S. Mas avisa que o melhor é manter as mãos no volante.

Ver comentários
Saber mais Manuel Vicente José Eduardo dos Santos Presidente da República de Angola Sonangol António Costa Catarina Martins Passos Coelho Cavaco Silva Presidente da República Rui Rio Alberto João Jardim Volkswagen
Mais lidas
Outras Notícias