Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

O que vai fazer hoje às 18h30? 38 cidades vão estar cantar a Grândola

Colectivo “Que se lixe a troika” definiu as 18h30 como o momento para cantar, em simultâneo, a canção “Grândola, Vila Morena” de forma colectiva, em mais de 30 cidades do País. A ideia é tornar a música a “senha para um novo País”.

15 de Setembro de 2012 - Manifestações contra as medidas de austeridade
Bruno Simão/Negócios
Bruno Simões brunosimoes@negocios.pt 02 de Março de 2013 às 14:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • 20
  • ...

O momento será simbólico e encerra o ciclo que começou com a "grandolada" no Parlamento, que interrompeu o debate quinzenal de Passos Coelho. Para Nuno Ramos de Almeida, que faz parte do grupo "Que se lixe a troika", é "significativo que uma manifestação que começou a fazer caminho a cantar a Grândola, termine com as pessoas de todo o país, e não só, a cantá-la".

 

Paulo Raposo, outro dos membros do colectivo, espera que a canção colectiva marque um novo nascimento para Portugal. "Espero que a canção seja a senha para o início de um novo País, o momento que marque um novo rumo para Portugal", projectou. O objectivo é também usar a canção de Zeca Afonso para um protesto a nível nacional contra o Governo.

 

"Será um momento simbólico, político, que resume o ponto a que chegamos", resume Nuno Ramos de Almeida. "A política deste governo não foi devidamente sufragada, nomeadamente a perda total de soberania... a política da troika não foi objecto de discussão popular", critica. Por isso, "há uma necessidade de o caminho ser rediscutido". E será esse "o simbolismo da canção, ser cantada nas 38 cidades ao mesmo tempo".

 

Esta será a única acção concertada que a manifestação " Que se lixe a troika" vai organizar em todo o País.  Em Lisboa e Porto, o protesto começa às 16h00, no Marquês de Pombal e na Praça da Batalha, respectivamente. Na capital, quando a multidão chegar ao Terreiro do Paço, vão ainda ser lidos alguns textos de activistas.

Ver comentários
Saber mais manifestação Grândola
Outras Notícias