Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Óbitos sobem para 504. Casos aumentam apenas 3,7%

Número de infetados voltou a registar crescimento um percentual baixo, reforçando a ideia de que se atingiu o planalto na progressão da pandemia. Taxa de letalidade aumenta ligeiramente e atinge os 3%.

André Veríssimo averissimo@negocios.pt 12 de Abril de 2020 às 12:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • 10
  • ...

Morreram ontem mais 34 pessoas com covid-19, um crescimento de 3% em relação ao dia anterior, mostra o relatório diário da Direção-Geral de Saúde.

Há 598 novos infetados, elevando o total para 16.585 casos. Um aumento de 3,7%, depois de ontem se ter registado o crescimento mais baixo desde o início do surto (3,3%), mas novamente abaixo dos 5%.



 

Os números continuam a apontar para uma contenção na progressão da pandemia. A ministra da Saúde afirmou no sábado que Portugal está na "fase de planalto", mas frisou a necessidade de se manterem as medidas de distanciamento social e de restrição à circulação.


O relatório da DGS mostra ainda que havia no final de sábado 1177 doentes internados, mais dois do que na véspera, uma taxa de apenas 7,36%. Daqueles, 228 estavam nos cuidados intensivos, o que compara com 233 no dia anterior. A taxa baixou para 1,37% do total de doentes hospitalizados.

 

O número acumulado de óbitos subiu para 504, com a taxa de letalidade (número de mortos no total de casos identificados) a aumentar para os 3,04%, mantendo-se muito longe das taxas de dois dígitos verificadas em países como Itália ou Espanha. Há 277 casos de doentes recuperados.

 

A região norte representa 58,8% dos casos confirmados, que são já 9.747, e 55,6% das mortes, que ontem somavam 280. Segue-se Lisboa e Vale do Tejo (3841 casos e 91 óbitos) e a região Centro (2426 caos e 120 óbitos). O Alentejo e a Madeira são as únicas que não registam qualquer óbito até ao momento.


(Notícia atualizada às 13h00)

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias