Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

OPEP corta produção de petróleo em 1,5 milhões de barris por dia

Os ministros dos países membros da OPEP acordaram hoje num corte da produção diária em 1,5 milhões de barris de crude, o quarto este ano, devido à queda da procura derivada da recessão na Alemanha, EUA e Japão.

Ricardo Domingos rdomingos1@gmail.com 28 de Dezembro de 2001 às 10:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os ministros dos países membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) acordaram hoje num corte da produção diária em 1,5 milhões de barris de crude, o quarto este ano, devido à queda da procura derivada da recessão na Alemanha, EUA e Japão.

A medida, que implica uma redução diária de 6,5%, terá efeitos práticos a partir de 1 de Janeiro de 2002, de acordo com declarações Abdullah bin Hamad al-Attiyah, ministro do Petróleo do Quatar, que admite a possibilidade de mais cortes, caso o consumo continue a abrandar.

«Faremos aquilo que for preciso» para impulsionar os preços do petróleo, admitiu o ministro saudita Ali al-Naimi, quando confrontado com a possibilidade de novos cortes na produção, segundo as agências internacionais.

«O que é importante agora é estabilizar o mercado, igualar a oferta com a procura, evitar um excesso de crude em «stock» e levar ao crescimento económico», acrescentou aquele responsável.

Os membros da OPEP chegaram a acordo numa reunião de emergência no Cairo, Egipto, no sétimo encontro daquela organização este ano. A OPEP é responsável por cerca de 33% da produção mundial.

O contrato do petróleo do Mar do Norte, ou «brent», para entrega em Fevereiro valorizava 1,52% para os 20,65 dólares (23,41 euros ou 4.693 escudos) por barril.

Mais lidas
Outras Notícias