Justiça Operação E-toupeira: Dados de assessora de Maria José Morgado "roubados"

Operação E-toupeira: Dados de assessora de Maria José Morgado "roubados"

Dados da procuradora Ana Paula Vitorino, actual assessora de Maria José Morgado, terão sido utilizados para dar acesso aos processos judiciais referentes ao Benfica, segundo a revista Sábado.
Operação E-toupeira: Dados de assessora de Maria José Morgado "roubados"
Negócios 07 de março de 2018 às 17:28

Dados da procuradora Ana Paula Vitorino, a actual assessora da Procuradora Distrital de Lisboa, Maria José Morgado, terão sido "roubados" pelo técnico do Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça (IGFEJ) José Augusto Silva, um dos detidos na Operação E-toupeira para aceder a informação confidencial que alegadamente interessava ao Benfica, notícia avançada pela Sábado.              

Em causa estão dados como o username e a password que dão acesso a processos judiciais.

A notícia da Sábado tem por base a operação e-toupeira, que já ditou a detenção de Paulo Gonçalves, braço-direito de Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, bem como mais três suspeitos de corrupção.

Os documentos a que a revista teve acesso revelam que José Augusto Silva terá conseguido o acesso a estas informações e, em troca, recebeu um "cargo no Museu Cosme Damião para Fernando Silva Rocha", seu sobrinho.




pub