Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Operadoras portuguesas reforçam regime de teletrabalho

A Vodafone Portugal tem desde o início do mês de março trabalhadores em regime de mobilidade. A dona da Meo decidiu implementar o regime de teletrabalho para grávidas e doentes oncológicos ativos.

Reuters
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 12 de Março de 2020 às 12:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

As operadoras de telecomunicações decidiram reforçar as medidas do plano de contingência e prevenção contra o Covid-19, nomeadamente no que diz respeito ao regime de teletrabalho.

"A Vodafone Portugal levou a cabo uma avaliação de risco, tendo sido identificadas as pessoas que desempenham atividades críticas para a continuidade do negócio", começou por explicar fonte oficial da operadora ao Negócios. Nesse seguimento, e "no âmbito da política de trabalho em mobilidade em vigor, desde o início do mês de março que existem colaboradores Vodafone a desempenhar a sua atividade profissional a partir de casa", acrescentou.

A operadora liderada por Mário Vaz garantiu ainda que "em caso de agravamento da situação, será ativado o regime de Trabalho em Mobilidade Excecional, que abrange um número maior de colaboradores, em simultâneo, durante mais tempo".

A Vodafone Portugal aproveitou ainda para explicar que "o trabalho em mobilidade é uma prática comum" na empresa e é utilizado em diferentes circunstâncias. "Naturalmente que se os colaboradores tiverem de prestar apoio familiar por imposição das atuais circunstâncias, seja por causa do encerramento de escolas ou outras situações, como aliás já está a acontecer, as políticas de mobilidade mantêm-se", acrescentou.

A Altice Portugal também já tinha anunciado que "em estreito e permanente diálogo com a Direção Geral de Saúde (DGS) e demais entidades", tinha decidido intensificar o seu plano com novas medidas numa ótica de preservação e defesa dos interesses dos colaboradores.

A "implementação de dispensa imediata de assiduidade em regime de teletrabalho a colaboradores pertencentes a grupos considerados de maior vulnerabilidade por baixa imunidade (oncológicos ativos, doentes crónicos já identificados) e colaboradoras grávidas", foi uma das medidas comunicadas pela dona da Meo.

A Direção-Geral de Saúde emitiu esta quinta-feira, 12 de março, o novo balanço do novo coronavírus em Portugal: confirmam-se 78 infetados, mais 19 do que os 59 identificados até às 24h de dia 10 de março. Este é o maior aumento de casos desde que foram identificados os primeiros doentes a 2 de março.

A nível mundial, a pandemia do Covid-19 já matou 4.600 pessoas e infetou mais de 125 mil. A OMS declarou na quarta-feira a doença Covid-19 como pandemia. A OMS justifica a declaração de pandemia com "níveis alarmantes de propagação e de inação".

Ver comentários
Saber mais Covid-19 Vodafone Portugal Altice Meo
Outras Notícias