Economia Organismos públicos dão milhões à margem da lei
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Organismos públicos dão milhões à margem da lei

A Inspecção-Geral de Finanças detectou várias irregularidades na concessão de subvenções a empresas privadas e entidades do sector social em 2016. A IGF recomenda por isso a aprovação de uma lei-quadro que “reforce os critérios de objectividade” na sua atribuição.
Organismos públicos dão milhões à margem da lei
O Ministério do Trabalho e Segurança Social, liderado por Vieira da Silva, foi o organismo que mais dinheiro deu em 2016: 2156,2 milhões de euros.
João D'Espiney 12 de julho de 2018 às 23:29

Treze organismos públicos não reportaram à Inspecção-Geral de Finanças (IGF) subvenções  que concederam no valor global de 44,4 milhões de euros, três entidades  atribuí)

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 22:00
Saiba mais
pub