Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Os muito pobres ficaram mais pobres ainda antes da crise

A taxa de pobreza desceu antes da crise, mas a sua intensidade agravou-se. E deverá crescer com o aumento do desemprego.

  • Partilhar artigo
  • ...
A percentagem de pessoas em risco de pobreza diminuiu em 2008, mas quem permanece nessa situação enfrenta dificuldades crescentes.

Os dados provisórios ontem divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) mostram que, em 2008, 17,9% da população enfrentou o risco de pobreza, uma redução de seis décimas face ao ano anterior que, no entanto, deixou para trás as famílias numerosas e os desempregados.

Ao mesmo tempo, a intensidade da pobreza subiu. A diferença entre o limiar de pobreza (414 euros por mês) e o rendimento monetário mediano de quem está abaixo desse valor chegou aos 23,6% em 2008, mais quatro décimas do que em 2007.









logo_empresas

Ver comentários
Outras Notícias