Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PAN diz que Costa "saiu do armário" ao dizer o que pensa sobre tauromaquia

O deputado André Silva regozijou-se pelo facto de António Costa ter "saído do armário" ao dizer o que considera da tauromaquia. Em contrapartida, PAN aponta duras críticas ao PSD e ao CDS por abraçarem "fanatismo da política identitária".

A carregar o vídeo ...
David Santiago dsantiago@negocios.pt 29 de Novembro de 2018 às 11:46

A abrir o debate parlamentar sobre o Orçamento do Estado para 2019 que precede a votação final do documento, o deputado André Silva (PAN) mostrou-se genericamente satisfeito com as prioridades orçamentais assumidas.

"O próximo OE não é apenas do PS", atirou André Silva para acrescentar que apesar de o documento estar "longe do que gostaríamos", o PAN prefere "ver o copo meio cheio".

Descontente pelo facto de os espectáculos de tauromaquia passarem a pagar a taxa mínima de IVA (6%), André Silva elogiou a "coragem" do primeiro-ministro António Costa, porque "saiu do armário" ao "dizer o que pensa sobre o anacronismo" que representa a tauromaquia.

Pelo contrário, André Silva criticou PSD e CDS por continuaram a privilegiar a "política identitária", em especial os sociais-democratas que optaram por "renegar os valores da social-democracia" para "abraçar o fanatismo" das políticas identitárias.

O deputado do PAN lamenta que não falte gente para agarrar o touro pelos cornos e que falte "gente capaz de pegar os touros pelo coração".

Esta terça-feira, as propostas de alteração de PSD, CDS e PCP destinadas à redução do IVA das touradas para 6% foram aprovadas na especialidade.

Ver comentários
Saber mais André Silva PAN PSD PS Touradas
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio