Economia Papa Francisco facilita anulação de casamento católico

Papa Francisco facilita anulação de casamento católico

O Vaticano anunciou esta terça-feira uma reformulação das regras da Igreja Católica na anulação dos casamentos, a mais significativa reforma deste processo em quase três séculos, na tentativa de agilizar um processo considerado por muitos como excessivamente complexo e demorado.
Papa Francisco facilita anulação de casamento católico
Negócios 08 de setembro de 2015 às 20:51

O Papa Francisco aprovou um conjunto de reformas que o confirmam como um reformista que quer tornar a Igreja Católica mais acessível aos seus 1,2 mil milhões de fiéis e que flexibilizam algumas das rígidas convenções que tanto a têm distanciado do mundo moderno, sublinha o Financial Times.

 

A decisão do Papa Francisco de facilitar o processo de anulação de um casamento católico surge apenas duas semanas antes de o Sumo Pontífice visitar Washington naquela que será a primeira paragem durante a sua primeira visita aos Estados Unidos, onde cerca de 40% dos casamentos termina em divórcio, refere o jornal britânico.

 

Esta agilização do processo de anulação dos casamentos católicos não representa uma mudança na doutrina da Igreja Católica, que diz que os casamentos não são dissolvidos aos olhos de Deus e que ainda não reconhece o divórcio, ressalva o FT.

 

A reforma não facilita os critérios exigidos para pedir a anulação – que é concedida apenas em determinadas circunstâncias que certificam que o casamento é inválido.

 

Nos termos das novas regras – que entrarão em vigor a partir de 8 de Dezembro – para pedir a anulação de um casamento católico bastará uma aprovação das autoridades eclesiásticas em vez das duas autorizações actualmente necessárias.

 

Os bispos terão maiores responsabilidades e constituirão o painel de juízes, sendo que os recursos serão decididos localmente, tornando o processo mais simples e menos dispendioso, salienta ainda o FT.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI