Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Papademos: Grécia no euro "é a única solução"

Lucas Papademos, o novo primeiro-ministro grego nomeado para formar o governo de unidade nacional, declarou que manter a presença na Zona Euro era a única maneira do país andar para a frente.

Andreia Major amajor@negocios.pt 15 de Novembro de 2011 às 10:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O novo primeiro-ministro grego Lucas Papademos, encarregado de assegurar o financiamento internacional para evitar o colapso da economia helénica, declarou que “manter o euro era a única forma para o país seguir em frente”.

“A nossa comunidade do euro é uma garantia de estabilidade monetária e cria as condições certas para o crescimento sustentável”, disse Papademos aos líderes políticos ontem à noite, no início de um debate de três dias que antecede o voto de uma moção de confiança no seu governo. “Pertencermos à Zona Euro é a nossa única escolha”, frisou.

Lucas Papademos formou governo no dia 11 de Novembro após quatro dias de instabilidade política na Grécia, detonada pela proposta de referendo que acabou por precipitar a demissão de George Papademos.

O governo deverá implementar as medidas exigidas em contrapartida do novo empréstimo europeu, acordado em 26 de Outubro, que envolve 130 mil milhões de euros (30 mil milhões dos quais em garantias), e o perdão de metade da dívida grega (cerca de 100 mil milhões de euros) detida por privados, mediante uma troca voluntária de títulos. Terá de o fazer ao final de Fevereiro, antes, portanto, das eleições antecipadas.

Ver comentários
Saber mais Grécia Europa Lucas Papademos primeiro-ministro
Mais lidas
Outras Notícias