Economia Passageiros nos aeroportos portugueses subiram 16,5% para quase 53 milhões em 2017

Passageiros nos aeroportos portugueses subiram 16,5% para quase 53 milhões em 2017

O aeroporto de Lisboa foi o que contribuiu com o maior número de passageiro, e um dos únicos em que os aumentos continuam a alargar. Ponta Delgada foi o que deu o maior salto.
Passageiros nos aeroportos portugueses subiram 16,5% para quase 53 milhões em 2017
Ana Batalha Oliveira 09 de novembro de 2018 às 12:18

O movimento de passageiros nos aeroportos atingiu os 52,7 milhões em 2017, ano em que o aumento superou o do ano anterior, mostram os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística. Lisboa e Ponta Delgada vêem aumentos cada vez maiores, mas nos restantes aeroportos o crescimento abranda.

Em 2017, os viajantes que circularam nos aeroportos nacionais dispararam 16,5%, o que compara com a subida de 14,3% de 2016. Lisboa destacou-se com o maior volume de passageiros – 26,6 milhões - e superou o aumento de 11,7% verificado em 2016, com um salto de 18,8% no ano passado.

Em segundo lugar na lista dos aumentos fica o Porto, onde o número de passageiros subiu 15,1% - uma percentagem inferior aos 15,9% do ano anterior. Segue-se Faro e Funchal, que respeitam a mesma tendência de declínio no crescimento, conseguindo contudo aumentos de 14,4% e 7,8%, respectivamente.

Funchal sai assim do grupo dos "dois dígitos", numa evolução que contrasta com a do aeroporto de Ponta Delgada, nos Açores. A capital da ilha Terceira continua a ser o aeroporto com o crescimento mais expressivo: chegou aos 22%, acima dos 19,5% de 2016. É, contudo, o aeroporto com menor volume de passageiros, atingindo apenas os 1,8 milhões.

E se o número de passageiros a circular nos aeroportos nacionais está a aumentar, a mesma tendência se verifica ao nível das cargas transportadas em avião. Em 2017, a carga transportada cresceu 21% para as 163,9 mil toneladas, quando no ano anterior o crescimento havia sido de apenas 1,6%.




pub