Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Passos Coelho admite adoptar "medidas diferentes das que estão no acordo" da troika

O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, disse que, se for primeiro-ministro, irá "honrar os compromissos" e pagar a ajuda financeira de 78 milhões de euros a Portugal, aprovada hoje pelos parceiros europeus.

Lusa 16 de Maio de 2011 às 20:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
"Tendo Portugal pedido ajuda e tendo a solidariedade dos países europeus, iremos honrar os compromissos que assumimos com eles", afirmou aos jornalistas Pedro Passos Coelho, no fim de uma arruada pelas ruas da vila da Lourinhã.

O candidato do PSD admitiu que poderá adoptar "medidas diferentes daquelas que estão no acordo" da Troika mas que "têm o mesmo propósito".

"Se houver oportunidade para demonstrarmos que somos merecedores de um castigo menor em termos da taxa de juro, teremos de fazer por ela", referiu o social-democrata ao ser questionado sobre a eventual renegociação dos juros da dívida pública, acrescentando: "Não podemos no momento em que pedimos emprestado, porque precisámos, começar logo a queixar-nos das condições que nos deram".

"Espero que os portugueses escolham um primeiro-ministro e um Governo que respeitem os objectivos fixados" pela troika, ao contrário, defendeu, do Governo PS.
Ver comentários
Saber mais Passos Coelho ajuda externa troika
Outras Notícias