Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Paulo Portas diz que Portugal tem de "tratar bem" quem invista em dívida soberana

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros disse hoje no Dubai que Portugal tem de tratar bem quem ajuda o país, referindo-se a eventuais investimentos do Golfo Pérsico em dívida soberana portuguesa.

Portas tem sido prudente nas declarações por "patriotismo" (act)
Lusa 20 de Dezembro de 2012 às 08:33
  • Partilhar artigo
  • 6
  • ...

Paulo Portas, que não forneceu em concreto eventuais detalhes sobre possíveis compras de dívida soberana portuguesa durante os contactos estabelecidos na deslocação aos países do Golfo Pérsico, disse que Portugal está aberto ao investimento de países amigos. 

 

"Eu sou muito reservado nessas matérias. Estamos abertos ao investimento de países nossos amigos e ser nosso amigo é estar connosco nos bons momentos e nos momentos difíceis e, por isso, obviamente temos de tratar bem aqueles que, na hora certa, nos ajudem", disse o ministro dos Negócios Estrangeiros aos jornalistas no Dubai.

 

Questionado pelos jornalistas, Paulo Portas disse ainda que Portugal já recebeu "dezenas de pedidos" de vistos especiais de investidores estrangeiros que querem apostar em Portugal e que consideram atractiva a nova política de vistos. 

 

"Portugal inaugurou uma política que facilita autorizações de residência e investimento para quem ajuda o nosso sistema financeiro, para quem faz investimentos e cria postos de trabalho", disse o ministro.

 

"Portugal decidiu colocar vistos favoráveis e que são competitivos e já temos dezenas de pedidos e alguns vêm da região do Golfo", acrescentou Paulo Portas, que cumpre nos Emirados Árabes Unidos a última etapa da deslocação ao Golfo Pérsico em que visitou o Sultanato de Omã, o Emirato do Kuwait, o Qatar e os Emiratos Árabes Unidos.

 

 

Ver comentários
Saber mais Paulo Portas Portugal dívida soberana
Outras Notícias