Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Paulo Portas: "Há uma espécie de não falar e não escrever sobre esta acumulação de dívida"

O antigo vice-primeiro ministro é o primeiro convidado do podcast "Conversas Visíveis", um formato conduzido pelos colunistas da Mão Visível que será lançado esta quinta-feira, dia 16, no site do Jornal de Negócios.

A carregar o vídeo ...
Negócios jng@negocios.pt 15 de Setembro de 2021 às 09:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • 23
  • ...
Paulo Portas, o antigo vice-primeiro-ministro, acredita que existe na sociedade "uma espécie de não dizer, não falar e não escrever sobre esta acumulação de dívida absolutamente excessiva". 

O ex-líder do CDS-PP é o primeiro convidado do podcast "Conversas Visíveis", um formato conduzido pelos colunistas da "Mão Visível" e que estará disponível no site do Jornal de Negócios a partir desta quinta-feira, dia 16. A cada quinze dias, dois destes colunistas vão guiar um entrevistado pelos "mistérios da estrada da democracia em Portugal". A conversa com Paulo Portas abordou desde os riscos da democracia digital ao peso da dívida pública nas economias.

O ex-vice-primeiro-ministro vê em Angela Merkel, que deixará o cargo de chanceler alemã após 16 anos de governo, como "a última líder racional que vimos na Europa" e descreve Mario Draghi como "o melhor primeiro-ministro europeu" ferido por um pequeno detalhe que é a ausência de "legitimidade democrática direta". Portas olhou também para o papel dos Estados Unidos e da China e o peso das tecnológicas na definição da democracia.  

Poderá ouvir esta conversa na totalidade em www.negocios.pt e, se for assinante dos nossos conteúdos, assistir também a este debate de ideias em formato de vídeo.

O que são as Conversas Visíveis?

As Conversas Visíveis são um novo projeto que é complementar da Mão Visível, o espaço de opinião que junta Álvaro Nascimento, António Nogueira Leite, Joaquim Aguiar, Jorge Marrão e Paulo Carmona. A cada quinze dias, dois destes colunistas vão conduzir um entrevistado pelos "mistérios da estrada da democracia em Portugal".

 

As Conversas Visíveis procuram identificar o que está na sombra da política, o que se esconde nos discursos e nas decisões, mas que acabará sempre por se revelar na realidade efetiva das coisas. O compromisso assumido pela equipa da Mão Visível é o de que irá falar sobre as sombras e os mistérios da democracia portuguesa, onde se escondem os fatores que geram endividamento sem estimularem crescimento, onde se agravam as desigualdades sociais e onde persiste o crescimento da despesa pública e da expansão de funções do Estado.

Ver comentários
Outras Notícias