Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Paulo Portas subscreve posição do Presidente de alargar pagamento da dívida

Cavaco Silva mostrou-se favorável à redução das comissões pagas por Portugal no empréstimo europeu, assim como ao alargamento do prazo do reembolso. Paulo Portas subscreveu.

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 06 de Dezembro de 2012 às 18:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, sublinhando que "Portugal não é a Grécia", concordou com a posição do Presidente da República de prolongar o pagamento do empréstimo contraído por Portugal. 

“Na parcela que pode ter aplicação a outros países com programas de assistência, no momento certo, e olhando ao que nos pode beneficiar, evidentemente que Portugal deve valorizar e evidenciar a regra segundo a qual quando há circunstâncias institucionais semelhantes existam regras semelhantes”, disse Paulo Portas à margem do 38º Congresso das Agências de Viagem. 

No entanto, sublinhou que “Portugal não ée a Grécia e garanto-vos que nenhum país gostaria de estar na situação em que se encontram os gregos". 

O Presidente Cavaco Silva defendeu esta semana que Portugal deveria ver reduzida a comissão que paga pelos empréstimos europeus e ter um alargamento do prazo de reembolso.

Ver comentários
Saber mais Ajuda externa Paulo Portas MNE Cavaco Silva APAVT
Mais lidas
Outras Notícias