Política PCP critica empenho PSD, CDS e PS em bloco central para atacar trabalhadores

PCP critica empenho PSD, CDS e PS em bloco central para atacar trabalhadores

O líder do PCP frisou que, no Congresso do PSD, ficou claro que o partido voltaria "a repor cortes, a atacar salários e direitos".
PCP critica empenho PSD, CDS e PS em bloco central para atacar trabalhadores
Lusa
Lusa 17 de fevereiro de 2018 às 18:52

O secretário-geral do PCP criticou, este sábado, no Porto, o empenho crescente numa retoma "formal ou informal "num bloco central no PSD, CDS e PS, alertando estar em causa um ataque ao seu partido e aos direitos dos trabalhadores.

Para Jerónimo de Sousa, os apelos para a "libertação do Governo do PS da dependência da esquerda não deixam dúvidas acerca dos objectivos" das "forças do grande capital e dos sectores políticos a eles associados no PSD, no CDS, mas também no interior do PS", por estarem "cada vez mais empenhados" num bloco central, com vista a "intensificar a exploração e retomar o rumo de liquidação de direitos" dos trabalhadores.

O líder do PCP, que falava na sessão pública de encerramento da XII Assembleia de Organização Regional do Porto, alertou ainda para as "operações de cosmética do PSD, com a mudança de líder", observando que no congresso dos sociais-democratas, que se iniciou na sexta-feira em Lisboa, deixou claro que aquele partido voltaria "a repor cortes, a atacar salários e direitos".




pub