Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pedidos de subsídio de desemprego subiram inesperadamente nos EUA

O número de norte-americanos a pedir subsídio de subsídio de desemprego aumentou na semana passada. Uma evolução que contrariou a expectativa de que mantivesse a tendência de queda ligeria.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 31 de Maio de 2012 às 14:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O número de pedidos iniciais de subsídio de desemprego aumentou em 10 mil na última semana, para um total de 383 novos mil pedidos de subsídio, segundo os dados do Departamento do Comércio citados pela Bloomberg. Esta evolução contrariou as estimativas dos economistas, cujo consenso apontava para uma diminuição para 370 mil pedidos.

Na semana anterior, o número de pedidos de subsídio de desemprego fora revisto para 373 mil e os economistas esperavam uma ligeira descida, reflectindo a tendência de diminuição lento do desemprego nos EUA. O aumento do número de despedimentos pesa nas despesas de consumo, que são o componente com maior peso no produto interno bruto (PIB).

“Alguns sectores estão definitivamente de regresso ao modo de contratação, outros ainda estão a compensar excessos antigos”, revelou a economisa-chefe do BNP Paribas para a América do Norte, Júlia Coronado, citada pela Bloomberg. “Parece ser realmente muito difícil encontrar uma tendência de crescimento do emprego”, acrescentou.
Ver comentários
Saber mais desemprego subsídios EUA economia crescimento taxa de desemprego
Outras Notícias