Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo negoceia em alta com especulação de novos cortes de produção da OPEP

Os preços do petróleo seguiam a negociar em terreno positivo, animados pela especulação de que a Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) realize um novo corte de produção para contrariar o abrandamento da procura da matéria-prima, provocada pela recessão económica mundial.

Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 22 de Dezembro de 2008 às 08:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Os preços do petróleo seguiam a negociar em terreno positivo, animados pela especulação de que a Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) realize um novo corte de produção para contrariar o abrandamento da procura da matéria-prima, provocada pela recessão económica mundial.

Em Nova Iorque, o WTI seguia a valorizar 1,61% para os 43,04 dólares por barril, enquanto em Londres o Brent apreciava 1,27% para os 44,56 dólares por barril.

Ontem, o ministro da Arábia Saudita afirmou numa conferência em Doha, citado pela Bloomberg, que a OPEP está “determinada” em estabilizar os mercados petrolíferos. Pela primeira vez em sete anos, o crude regista uma queda, ao cair cerca de 55% em 2008.

Ainda no final da semana passada, o ministro das Finanças da Venezuela, Ali Rodriguez, afirmou que o cartel, responsável por cerca de 40% da produção mundial de petróleo, deve aumentar os seus esforços para evitar que os preços do petróleo continuem a cair.

Apesar de não pertencerem à OPEP, a Rússia e o Azerbeijão assinalaram que poderão cortar também a sua produção de crude, depois do grupo de países exportadores de petróleo ter decidido reduzir a sua produção a partir do próximo mês de Janeiro.

Ver comentários
Outras Notícias