Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pina Moura: "É expectável" que Portugal atinja défice acordado com a troika

O antigo ministro da Finanças considerou hoje que "é expectável" que Portugal cumpra o défice de 5,9% este ano, dado que a "radicalidade das medidas tomadas" deverá produzir os "resultados esperados".

Lusa 30 de Setembro de 2011 às 17:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
O INE divulgou hoje que o défice orçamental nos primeiros seis meses do ano foi de 8,3% do Produto Interno Bruto (PIB), superior aos 7,7% registados no primeiro trimestre do ano. Este valor está distante da meta de 5,9% do défice orçamental em contabilidade nacional acordado com a troika.

Em declarações à agência Lusa, Joaquim Pina Moura lembrou que "o valor do défice é identificável" com as políticas do anterior governo liderado por José Sócrates, e recordou que com a posse do novo Governo foram tomadas medidas que terão efeitos no segundo semestre.

Assim, "há uma razoável probabilidade", sendo "expectável", acrescentou Pina Moura, que a meta do défice seja cumprida "dada a radicalidade das medidas tomadas".

O ex-ministro das Finanças do governo socialista de António Guterres disse ter "confiança" que "os objectivos definidos" pelo Executivo de Passos Coelho "produzam os resultados esperados", uma vez que "a consolidação orçamental" é uma determinação dos primeiros meses de governação.

Ver comentários
Saber mais Pina Moura défice troika
Mais lidas
Outras Notícias